sábado, 24 de abril de 2010

Minas Gerais dos movimentos

Depois do Viva Mesa, vem aí mais um movimento liderado por chefs e cabeças da gastronomia mineira. Trata-se da Conspiração Gastronômica, oscip (organização da sociedade civil de interesse público) criada por Eduardo Avelar (Sabores de Minas), Eduardo Maya (Comida di Buteco) e Ralph Justino (Festival de Gastronomia de Tiradentes). O objetivo é estimular o desenvolvimento de uma moderna cozinha mineira, valorizar os produtos regionais e promover o turismo gastronômico no estado. O lançamento será na semana que vem, quando será realizada feira e fórum no Espaço 104 (Praça Rui Barbosa, 104, Centro), em BH, entre os dias 27 e 30. Na programação, palestras interessantes, mostra de produtos de origem e shows. Como sou mediador de uma mesa logo na terça-feira, primeiro dia do evento, tomo a liberdade de convidá-los para participar conosco. Cliquem na imagem abaixo para ampliá-la.

16 comentários:

  1. A iniciativa é ótima! Parabéns aos idealizadores.

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Clara, quanto mais gente empenhada em fazer a coisa andar, melhor. Apareça lá se puder!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Admiro demais o Ralph pela seriedade de seus investimentos...Parabéns, não é?
    Conversamos à respeito e tenho certeza do sucesso.
    Abração,
    Luciene Martins Rêgo

    ResponderExcluir
  4. Pena que não posso acompanhar a programação da tarde.. Vou ver se passo à noite.

    ResponderExcluir
  5. poisé cara. quem sabe essas mobilizações façam com que nossa gastronomia passe a tomar o lugar que dela é de direito no cenário nacional?. quero acreditar e torcer para que a seriedade desses movimentos tragam bons frutos.
    a gastronomia mineira é bem mais que o Vecchio. percebo que, para muitos formadores de opinião (principalmente para aqueles que apenas olham por cima das montanhas), BH é cidade de um chef apenas, de um restaurante apenas. Sô Ivo tem uma importância fundamental nisso tudo que BH é hoje em termos gastronômicos, mas é chegada a hora de mostrarmos mais, de mostrarmos os desdobramentos do que ele iniciou (com um talento ímpar). somos uma terra de ótimos chefs, com a cozinha no sangue e olhar apaixonado pelo ofício. que bom que as pessoas estão se mexendo para mudarmos isso. potencial e pessoas envolvidas? temos de sobra. o caminho é esse, do debate, da formação, do olhar para nós mesmos.

    um xablablau e ótima semana a todos.

    ResponderExcluir
  6. Vamos torcer e trabalhar para isso, Luciene!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Parece que vai ser interessante, Clara. Vá mesmo, se puder. Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Anônimo,

    com certeza a riqueza do nosso cenário não está restrita ao enorme talento e grande capacidade de trabalho do Ivo. Há muito mais o que valorizar e descobrir. Porém, as pessoas lá fora só saberão disso se, em primeiro lugar, soubermos fazer nosso trabalho direito. e me refiro a cada um de nós que, de alguma forma, atua nesse cenário. Bom, e se alguém de fora der valor ao que é nosso antes da gente, será uma vergonha... Mãos à obra!

    Abraços e xablablau!

    ResponderExcluir
  9. "Porém, as pessoas lá fora só saberão disso se, em primeiro lugar, soubermos fazer nosso trabalho direito"... concordo e é por isso acredito na importância desses momentos.

    Dimas.

    ResponderExcluir
  10. Dimas,

    sempre soube que era você o autor do comentário! Não só o tom educado da prosa, mas também o "xablablau" te denunciou!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Prezado Eduardo,
    Por primeiro, parabéns aos criadores.
    Atentei para um detalhe no comentário.
    Além da iniciativa, estão orientados.
    Afinal, entraram no campo do 3º setor.
    Não se trata de uma ONGastrô qualquer.
    Vê-se isso já no seu nascedouro(OSCIP).
    Por ser OSCIP, poderá buscar parcerias.
    Por meio de registro federal e estadual.
    Já que existem leis nestas duas esferas.
    Apesar da OSCIP ser não governamental.
    Já tive oportunidade de assessorar uma.
    Participei da criação e da manutenção.
    Percebi que é uma brilhante modalidade.
    Espero ver em breve o sucesso da idéia.
    Cordial abraço,
    MARCELO BRANDÃO

    ResponderExcluir
  12. Pois é, Marcelo, vamos torcer pelo sucesso do trio com essa oscip. Minas precisa de uma boa sacolejada!

    Muito obrigado pelos comentários esclarecedores aqui!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Paulo Vasconcellos28 de abril de 2010 12:00

    Isso aí Girão, vamos nos mobilizar para evoluir e divulgar a cena gastronômica de BH. A propósito, o jantar de lançamento da Conspiração Gastronômica ficará a cargo do Viva Mesa!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Paulinho,

    estou sabendo disso! Achei não só curioso, como muito simpático da parte da Conspiração chamar vocês para ficar a cargo do jantar. E, claro, foi bacana da parte de vocês aceitar o convite. Isso mostra que um não se sente intimidado com a existência do outro. Podem coexistir em paz, o que ótimo. Quem sabe até não vão trabalhar em projetos comuns?

    Boa sorte e parabéns.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Eduardo,
    Ainda sobre o 3º Setor na cozinha...
    Achei interessante um artigo que saiu.
    No EM, Opinião, no Dia do Trabalhador.
    O título do assunto é COZINHA MINEIRA.
    E Ralph Justino é o autor do artigo.
    Fundador da CONSPIRAÇÃO GASTRONÔMICA.
    Fala dessa preservação gastronômica.
    Cordial abraço,
    MARCELO BRANDÃO

    ResponderExcluir
  16. Oi, Marcelo.

    Sim, eu li esse artigo. O Ralph é um dos três fundadores, ao lado dos Eduardos Maya e Avelar. Vamos torcer pelo sucesso deles! Será ótimo para Minas Gerais!

    Abraços.

    ResponderExcluir