segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Barbada da semana

Dessa vez, a barbada está nas livrarias. Encontrei semana passada o catatau 1001 comidas para provar antes de morrer (Sextante, 960 páginas) na livraria Leitura por R$ 59,90! Havia uma pequena montanha de exemplares e, aparentemente, aquele era o "preço normal". Não era promoção. Já estava decidido a trazê-lo comigo, mas fui advertido por minha mulher a esperar um pouco. Sábia decisão: conseguiu comprá-lo com bom desconto (20% ou 30%, acho) numa livraria da UFMG por ser mestranda. Então, leitor, se você também é estudante de lá, caia matando! Acabei de fazer uma cotação na internet e vi que vários sites estão vendendo por R$ 47 e uns quebrados! Uma bagatela!



Sextante/Reprodução

Fartamente ilustrado, o livro está dividido nas seguintes categorias: frutas, hortaliças, laticínios e ovos, peixes, carnes, temperos, grãos, da padaria e doces. Tive a felicidade de constatar que várias das 1001 dicas eu já conferi. Umas por facilidades geográficas, como a jabuticaba e o cupuaçu; outras por felizes acasos profissionais, como o paio português e o percebes; e terceiras em férias, como o pecorino di fossa, que provei na Itália. Cada verbete consiste numa descrição rápida do item, seu lugar de origem, dados históricos, dicas de degustação e uma pincelada acerca do sabor. Ao todo, 53 profissionais foram empenhados nessa compilação. O craque Arnaldo Lorençato, editor de gastronomia da Veja SP, ajudou na tarefa como único brasileiro da equipe. Trouxe para a edição cerca de 20 joias, como jabuticaba, açaí, surubim-pintado, caju, pequi, cupuaçu, pitu, guaraná, gusano (por que deram esse nome ao turu?), rapadura, castanha do pará e até formiga saúva!

Para o gourmet curioso, é diversão garantida.

2 comentários:

  1. Excelente dica Girão, comprei o livro, me amarrei! Valeu!

    ResponderExcluir
  2. Rafael!

    Que bom receber sua visita aqui! Como vão as coisas?

    Também adorei o livro. Recomendo mesmo. Com esse precinho então...

    Aqui, belo site o seu, hein? Vou colocar na minha "ração diária"!

    Volte sempre!

    Abraços.

    ResponderExcluir